psicopedagogia

A Atenção, a Criatividade e a Motivação Escolar – Estratégias para melhorar a concentração

Estudar convenientemente requer concentração. Qualquer aluno motivado e interessado, terá certamente mais facilidade de aquisição de conhecimentos. É um facto.

Mas para um aluno se sentir motivado, é importante que tenha uma boa imagem de si próprio. O aluno deve acreditar que é capaz, pois se assim acontecer o aluno exerce uma influência positiva nas suas acções, o que irá traçar um perfil da sua imagem pessoal.

Aliás, a auto-estima da criança é uma condição muito importante na questão da motivação escolar e por sua vez, na influência que tem na atenção/concentração do mesmo.

O aluno deve ser valorizado pelos seus actos, mas também deve ser convidado a reflectir pelos comportamentos desadequados que poderão desencadear consequências menos boas. Deste modo, o aluno reflecte sobre as suas práticas optando pelos comportamentos mais importantes para ele.

Geralmente são os adultos que criticam ou aplaudem os comportamentos dos alunos. No entanto, seria mais benéfico se forem os próprios a fazerem tal exercício reflexivo, uma vez que têm uma componente activa e critica sobre eles. Esta característica, permite-lhes ter uma melhor noção do que está bem ou mal, pois não se trata de algo imposto do exterior, pelo que é mais realista para o aluno.

Existe uma relacionamento directo entre o esforço, o êxito e a motivação. O aluno que se esforça mais, tem por norma bons resultados; se tem bons resultados, a satisfação aumenta e aumenta também a motivação. A confiança que o aluno sente por acreditar que é capaz faz aumentar o seu optimismo e a consideração por ele próprio. Tudo isto por sua vez, influenciará os níveis de concentração.

A motivação é um dos mais importantes factores que influenciam o rendimento escolar: a atenção motivada aumenta a concentração!

Assim, ensinar a prática de auto regulação a um filho ao nível da atenção, é uma prática favorável para o mesmo aprender a “auto educar-se”, a auto gerir os seus momentos de desatenção.

Manter o foco, é algo que se ensina a uma criança.

A concentração consiste em focalizar a mente para aquilo que tem de ser realizado em determinado momento, ignorando tudo o resto. Assim sendo, mais vale estudar pouco tempo concentrado do que estar longas horas diante de um exercício ou livro. Berros irão acontecer, frustração irá acontecer e nada se ensina ou aprende, neste caso.

É importante ter a noção que a capacidade para estar concentrado aumenta com a idade. Mandar estudar uma criança do 1º ciclo ou do secundário, requerem estratégias um pouco distintas, na manutenção da atenção.  Portanto, é crucial que um pai tenha o bom senso de quando uma criança tem que ir fazer os trabalhos de casa/estudar, se sente em primeiro lugar com ele e verifique que tipo de estudo tem de fazer nesse dia. Aí já estará a promover e a ensinar a organizar-se e a gerir o seu tempo. A criança que tem a noção dum início, meio e um fim nesse estudo, vai estar mais receptiva e motivada.

Já vos falei que adoro tabelas para tudo? Pois bem, para o estudo poderá ser bastante interessante elaborar uma tabela com tempos de intervalo. Lembrem-se de ser realistas! Pode demorar algum tempo a elaborar a tabela, mas vai valer a pena para vocês pais na gestão de tempo e para o seu filho na gestão da sua motivação e concentração!

“Ah, mas o meu filho é tão distraído quando está a fazer os trabalhos de casa!”

Aspectos importantes a considerar no momento do estudo, para ajudar a melhorar a concentração:

  1. O local de estudo. Duas considerações: ter um cantinho, seja no quarto ou na sala, em que o aluno possa criar o seu ambiente de estudo a seu gosto e proibir a tecnologia (televisão, computador, telemóveis,…). Uma grande excepção para a música. Existem de facto alunos em que o silêncio os desfoca (poderia ser outro tema para o blog) em que uma música de fundo poderá ser necessária para alguns e funcionar bem. O local de estudo quer-se organizado, para ajudar na concentração!
  2. Criar uma tabela, em que o aluno decida as regras e hábitos de estudo, que façam sentido para o adulto! Negociar com ele algumas regras pode ser um grande momento de partilha e de cooperação entre pais e filhos. Estudar por obrigação, nunca deu motivação a ninguém, o que influencia a concentração.
  3. Descansar. Já basta a carga horária escolar que os miúdos enfrentam desde o 1º ciclo. Tenham o bom senso, de não escolher actividades extra curriculares em excesso. Deixem as crianças serem crianças! Tempo para não fazer nada, sabem o que é? É algo muito bom, para a criança descansar e também aprender a lidar com a frustração de não ter nada para fazer. Ter tempo para não fazer nada, ajuda a desenvolver a criatividade! Criança descansada e relaxada é criança garantidamente mais receptiva para o estudo.
  4. No estudo propriamente dito, é importante, para não ser maçador e repetitivo, alternar as matérias de estudo. Não é benéfico para a concentração, estar muito tempo com a mesma disciplina. Se está a “empancar” num exercício, mudar de matéria e voltar mais tarde. E ter sempre em atenção às pausas que devem ser feitas!

E porque a concentração está directamente ligada com a motivação, é importante que os pais e professores desenvolvam conversas e exemplos que aumentem a confiança e auto estima do aluno. Fomentem a prática do vínculo afectivo. Conversem todos os dias, acerca de tudo o que correu bem e mal. Deem o exemplo, falem vocês do vosso dia, das vossas alegrias, preocupações e conquistas.

Uma auto estima forte, cria segurança no aluno.

Já viram como a componente emocional, influencia tanto a capacidade de concentração?

 

 

Vera Oliveira

 

 

Uma opinião sobre “A Atenção, a Criatividade e a Motivação Escolar – Estratégias para melhorar a concentração”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s