psicopedagogia

Sugestões para pais, cujos filhos regressam à escola

A uns dias das aulas começarem, regressa um número de rotinas associadas à escola. E antes que a escola comece, uma das rotinas que acontece é comprar os livros e material escolar. Verificar o que está bom do ano anterior, o que é negociável comprar este ano, o que é necessário comprar, plastificar os livros, identificar tudo com o nome e aguardar pela lista de material escolar que a professora envia, quando as aulas começam.

Fazer estas coisas em conjunto com os filhos é muito bom. Para além de ensiná-los a organizar e a cuidar do seu material, envolve-os neste processo de arranque escolar. Uma das coisas que sempre gostei de fazer era, abrir os livros novos e ver que matérias eu iria aprender. E isso, é uma excelente ideia para vocês fazerem com eles! Estimular a curiosidade do que se avizinha, ver reacções do género “wooow, já viste mãe/pai! Este ano vou aprender isto!!!”, e vocês pais terem reacções do género “ahhhh, olha que giro, este ano, vocês vão aprender este tema x! Eu adorei aprender quando tinha a tua idade!”

Com isto tão simples e natural, estão a ensinar o quão é bom andar na escola, o quão é importante sabermos coisas novas, para podermos falar sobre elas, o quão é bom partilharmos experiências, o quão é bom, colocarmos em prática aquilo que aprendemos. Com isto estão a dar significado ao propósito base do que é “andar” na escola. Que vai muito para lá de tirar boas notas. 

Façam esta pergunta a vocês mesmos: Porque é importante o vosso filho frequentar a escola? E façam também essa pergunta aos vossos filhos: Porque é importante frequentares a escola? Qual é a mensagem que vocês querem passar aos vossos filhos, que vão andar doze anos (obrigatoriamente) por lá, sobre a escola?

Outra coisa muito importante que têm oportunidade de fazer sempre que um ano lectivo dá início, é fazer uma auto-análise em conjunto com os vossos filhos, relativamente ao ano anterior.

O que correu bem e querem relembrar aos vossos filhos, do quanto estão orgulhosos disso? Escrevam numa cartolina, em conjunto, e fixem numa parede da casa! Com isto estão a dar significado ao filho e aluno que é, e a consolidar algo que é para manter. E sempre que os vossos filhos estiverem a perder o foco ao longo do ano, vão ler essa cartolina e eventualmente, acrescentar algo. Motivação. Todos nós precisamos dela no trabalho e com eles não é diferente.

E agora analisem o que correu menos bem. Foi desorganização? Falta de investimento familiar? Muitos trabalhos de casa? Muitas actividades extra curriculares? Desmotivação e desinteresse? Relação com os pares/professor?

Analisem, quais foram os momentos de tensão aí por casa, durante o período escolar. O sair de casa pela manhã? O chegar a casa depois da escola? A realização dos trabalhos de casa? O constante “vai estudar”?

Então agora que pensaram nisso tudo (escrevam mesmo!), muito provavelmente, necessitam de reorganizar a vossa dinâmica familiar. De ajustar as prioridades. De anteciparem, de forma a prevenir dores de cabeça desnecessárias.

Eu adoro fazer quadros de tarefas. Daquelas em cartolina, em que escrevemos lá com a nossa letra e colamos pela casa. Ajuda a organizar as nossas rotinas e a estabelecer e definir quem fica com determinadas responsabilidades. A previsibilidade é muito importante nesta coisa da rotina familiar. Dá segurança e traz mais estabilidade. E quando vos apetecer quebrar a rotina, óptimo! Força nisso, devem! Também é uma fonte de motivação, quebrar para voltar a entrar nela.

Último ponto, mas não menos importante. Ajudar/ensinar os vossos filhos a estudar. Mais ninguém conhece, melhor que vocês, que tipo de filho vocês têm aí por casa. Existem os “naturalmente” organizadinhos que não é preciso dizer grande coisa, sobre o que é necessário fazer e, depois existem os que necessitam de apoio constante. O comum. Tentem perceber como o vosso filho gosta de estudar. É mais de ler? É mais de fazer apontamentos com mil cores de caneta? É mais de estudar sob pressão? É daqueles que gosta de ter companhia para lhe fazer perguntas, depois do estudo?

Eu sei… a vossa resposta será mais esta: “simplesmente não que estudar e é um desorganizado! Ele tem capacidades! Só que é um preguiçoso que eu nunca vi! Já a professora diz que ele tem imenso potencial, só que é um desleixado!”

Então, vamos agora sentar com ele e perceber o porquê e estabelecer em conjunto um plano de estudo que vá de encontro às características dele! Quem disse que têm que estudar todos os dias? Calma, não choquem! Pois, na base de muitos problemas com os “métodos de estudo” está uma palavra chave: organização. Quando ensinam ao vosso filho, como se organizar no estudo, estão a ensinar a antecipar, a projectar o que têm de fazer esta semana e na outra a seguir, a ensinar a definir e cumprir objectivos, a ensinar gestão de tempo que tem de dedicar às diferentes disciplinas,… Estão a ensinar que organização é muito importante para o nosso cérebro!

E se tiverem que se sentar com ele todas as semanas a ajudá-lo a estabelecer o seu quadro de tarefas semanal, que assim seja! Há-de chegar o dia que já não irá precisar da sua ajuda, eventualmente. É assim. Não há varinhas mágicas. Há dedicação, organização comprometimento, paciência e muito amor. E sempre que considerarem que estão a falhar, que estão a fugir daquilo que tinham estabelecido, não há problema! Sentem-se e tornem-se a encontrar! Não há famílias perfeitas. E se o caos se instala, o importante é saber reencontrar o ponto onde se “perderam” e reorganizarem-se novamente. As vezes que forem necessárias.

Bom início de ano lectivo para todos aí por casa!

 

Vera Oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s